Governança Corporativa em Cooperativas de Saúde: Um Estudo de Caso na Unimed Fortaleza
PDF (Português (Brasil))

Keywords

Governança corporativa
Pilares da Governança
Cooperativa médica
Estudo de caso

How to Cite

Wanderley Lima Soares, F. ., de Queiroz Machado, D., Barboza Guimarães, D. ., & Katielli Azevedo de Macedo, A. . (2021). Governança Corporativa em Cooperativas de Saúde: Um Estudo de Caso na Unimed Fortaleza. Iberoamerican Journal of Corporate Governance, 5(2). https://doi.org/10.21434/IberoamericanJCG.v5i2.29

Abstract

RESUMO

A adoção de práticas de governança corporativa já é obrigatória em empresas elencadas no mercado mobiliário, mas, em empresas classificadas como cooperativa no ramo de assistência médica, não. A Unimed Fortaleza, mesmo não possuindo uma exigência legal, adota as práticas de governança para atender as exigências dos stakeholders. Utilizou-se para coleta de informações os relatórios de gestão, estatuto social e código de conduta ética. O levantamento das informações foi realizado por meio dos relatórios de gestão e sustentabilidade concernentes aos períodos de 2007 e 2015, que compreendem dois momentos singulares na existência da empresa no que tange à composição gerencial e modelos de relatórios de gestão. Fez-se uma análise comparativa nestes dois períodos, no intuito de averiguar a existência de alguma diferença significativa no escopo gerencial, que pudesse ter sido marcante nestes dois momentos da empresa, observando os pilares da governança corporativa, quais sejam: propriedade, conselho de administração, gestão, órgãos de fiscalização e controle, e conduta e conflito de interesses. Concluiu-se, após análise, que a abordagem gerencial abordada no período de 2015 possuiu mais clareza, concisão, transparência e prestação de contas, comparando-se com o período de 2007.

Palavras-chave: Governança corporativa. Pilares da Governança. Cooperativa médica. Estudo de caso.

https://doi.org/10.21434/IberoamericanJCG.v5i2.29
PDF (Português (Brasil))

Authors who publish with this journal agree to the following terms:

1. Authors who publish in this journal agree to the following terms: the author(s) authorize(s) the publication of the text in the journal;

2. The author(s) ensure(s) that the contribution is original and unpublished and that it is not in the process of evaluation by another journal;

3. The journal is not responsible for the views, ideas and concepts presented in articles, and these are the sole responsibility of the author(s);

4. The publishers reserve the right to make textual adjustments and adapt texts to meet with publication standards.

5. Authors retain copyright and grant the journal the right to first publication, with the work simultaneously licensed under the Creative Commons Atribuição NãoComercial 4.0 internacional, which allows the work to be shared with recognized authorship and initial publication in this journal.

6. Authors are allowed to assume additional contracts separately, for non-exclusive distribution of the version of the work published in this journal (e.g. publish in institutional repository or as a book chapter), with recognition of authorship and initial publication in this journal.

7. Authors are allowed and are encouraged to publish and distribute their work online (e.g. in institutional repositories or on a personal web page) at any point before or during the editorial process, as this can generate positive effects, as well as increase the impact and citations of the published work (see the effect of Free Access) at http://opcit.eprints.org/oacitation-biblio.html

• 8. Authors are able to use ORCID is a system of identification for authors. An ORCID identifier is unique to an individual and acts as a persistent digital identifier to ensure that authors (particularly those with relatively common names) can be distinguished and their work properly attributed.