ESTRUTURA DE GOVERNANÇA CORPORATIVA EM EMPRESAS FAMILIARES
PDF (Português (Brasil))

Keywords

Empresa familiar
Governança Corporativa
Agroindústria

How to Cite

Schneider, L. ., da Rosa, C. ., & Knebel Baggio, D. . (2021). ESTRUTURA DE GOVERNANÇA CORPORATIVA EM EMPRESAS FAMILIARES. Iberoamerican Journal of Corporate Governance, 6(1). https://doi.org/10.21434/IberoamericanJCG.v6i1.38

Abstract

RESUMO


Nas últimas décadas, o conceito de governança corporativa vem se tornando uma preocupação tanto de mercados desenvolvidos como emergentes. A governança corporativa consiste no sistema pelo qual as organizações são dirigidas, monitoradas e incentivadas, envolvendo os relacionamentos entre sócios, conselho de administração, diretoria, órgãos de fiscalização e controle e demais partes interessadas. Qualquer tipo de organização pode se beneficiar dos princípios e das práticas de governança corporativa, inclusive as empresas familiares, que enfrentam desafios peculiares, tais como os conflitos de poder, as sucessões e a falta de controle e de liderança. Nesse sentido, o presente estudo busca compreender de que forma está estruturado o modelo de governança em uma empresa agroindustrial familiar do Rio Grande do Sul. A coleta de dados foi realizada a partir de uma entrevista semiestruturada com um diretor da organização, seguida de análise documental. Os dados foram tratados pela técnica de análise de conteúdo. Constatou-se que na organização estudada a estrutura de governança é reconhecida como um subsídio à gestão, possibilitando um maior controle sobre a gestão, o patrimônio e a família, bem como uma melhor organização da fiscalização, planejamento e execução das ações necessárias ao crescimento da organização.


Palavras-chave: Empresa familiar, Governança Corporativa, Agroindústria.

https://doi.org/10.21434/IberoamericanJCG.v6i1.38
PDF (Português (Brasil))

Authors who publish with this journal agree to the following terms:

1. Authors who publish in this journal agree to the following terms: the author(s) authorize(s) the publication of the text in the journal;

2. The author(s) ensure(s) that the contribution is original and unpublished and that it is not in the process of evaluation by another journal;

3. The journal is not responsible for the views, ideas and concepts presented in articles, and these are the sole responsibility of the author(s);

4. The publishers reserve the right to make textual adjustments and adapt texts to meet with publication standards.

5. Authors retain copyright and grant the journal the right to first publication, with the work simultaneously licensed under the Creative Commons Atribuição NãoComercial 4.0 internacional, which allows the work to be shared with recognized authorship and initial publication in this journal.

6. Authors are allowed to assume additional contracts separately, for non-exclusive distribution of the version of the work published in this journal (e.g. publish in institutional repository or as a book chapter), with recognition of authorship and initial publication in this journal.

7. Authors are allowed and are encouraged to publish and distribute their work online (e.g. in institutional repositories or on a personal web page) at any point before or during the editorial process, as this can generate positive effects, as well as increase the impact and citations of the published work (see the effect of Free Access) at http://opcit.eprints.org/oacitation-biblio.html

• 8. Authors are able to use ORCID is a system of identification for authors. An ORCID identifier is unique to an individual and acts as a persistent digital identifier to ensure that authors (particularly those with relatively common names) can be distinguished and their work properly attributed.